Search here

Pesquisa personalizada

domingo, 26 de abril de 2009

O segundo idioma e as crianças I - Inglês ou Espanhol?

Hello teachers and students... e pais desesperados!

Uma das dúvidas mais frequentes dos pais em relação a educação de seus filhos é sobre a idade ideal para que os pequenos comecem a estudar um segundo idioma. Portanto, se você chegou até aqui procurando por uma opinião, sugiro que, antes de prosseguir a leitura, dê uma olhadinha ali do lado esquerdo para checar a minha humilde experiência como professora de inglês. É sempre bom a gente saber que tipo de profissional está opinando sobre um assunto tão importante como a educação dos seus pequenos.

Já deu uma espiadinha? Sentiu firmeza? Ok, então podemos continuar. O segundo idioma mais procurado e oferecido para Tots e Kids é, disparado, o inglês. Não há dúvidas de que o inglês é, atualmente, o idioma da globalização. Falar inglês não é mais questão de luxo, nem um item do qual alguém possa se vangloriar ou usar como status; há muito tempo, o segundo idioma se tornou uma necessidade e deveria ter mais destaque na educação formal das nossas crianças.

Na Alemanha, considerado um país desenvolvido, os alunos da escola regular, no sistema público ou privado de ensino, frequentam aulas de inglês durante cinco horas por semana. Dessa forma, é desnecessário que os alunos frequentem outras escolas a fim de aprenderem um segundo idioma. Ao entrarem na universidade - e mercado de trabalho - os alemães já dominam fluentemente o segundo idioma.

O ensino brasileiro prioriza dois idiomas: o inglês e o espanhol. O espanhol, assim como português, é uma língua derivada do latim e, portanto, as regras gramaticais se assemelham ás do português. Isso não significa, porém, que seja desnecessário estudar o idioma espanhol. Só quer dizer que, para um falante do português, fica mais fácil aprender o espanhol devido á semelhança dos idiomas.

O idioma inglês, apesar de ser uma língua anglo-saxã e possuir regras diferentes das línguas latinas, traz algumas singularidades que tornam o idioma um dos mais fáceis de serem aprendidos. Como exemplo, posso citar a ausência de flexão na conjugação dos verbos em diferentes tempos verbais: a grosso modo, podemos dizer que, no idioma inglês, o verbo assume no máximo cinco formas diferentes; ao contrário dos verbos nas línguas latinas, os quais sofrem alteração na conjugação em todos os tempos verbais, para todos os pronomes pessoais.

Portanto, se a sua dúvida é qual idioma o pequeno deve estudar, a minha opinião é a seguinte: seja espanhol ou inglês, as crianças terão facilidade de aprender o segundo idioma escolhido para estudo, por várias razões, sendo as principais:

* semelhança do espanhol com o português
* simplicidade do idioma inglês
* crianças pequenas tem facilidade para aprender vários idiomas

Nos próximos posts, prometo escrever uma continuação abordando os seguintes assuntos:

1) O segundo idioma e as crianças II - Por que começar o estudo desde cedo?

2) O segundo idioma e as crianças III - Formação do professor

Se esse post foi útil para você, se você discorda de alguma informação ou tem ainda tem alguma dúvida, me deixe saber! Use o espaço dos comentários para trocarmos idéias e eu prometo que respondo você no próximo post!

Um abraço,

Teacher Lu.


_________________________
Leia também:
* Vagabond Of The Western World
* Biblioteca da Lu

Nenhum comentário: